Act_Pleion_blog_post_img_2

Saiba Mais Sobre a Reciclagem de Plásticos.

Act_Pleion_blog_post_img_1

Que o plástico é um material altamente reciclável, isso todos sabem. Mas você sabia que existem 3 diferentes processos de reciclagem, cada um transformando o plástico em um produto final diferente?

Em geral, a reciclagem consiste em três processos: coleta e separação; revalorização, quando o material já separado passa por um processo que faz com que ele volte a ser matéria-prima; e transformação, que é a fase em que o material transformado em matéria-prima volta a ser produto, e estes são os 3 tipos de transformação do plástico.

Reciclagem Mecânica

É o método mais comum, que transforma os plásticos de sobra industrial ou descartados pós-consumo em pequenos grânulos que são utilizados na produção de novos materiais, como sacos de lixo, embalagens, peças de automóvel, etc.

Act_Pleion_blog_post_img_2

Reciclagem Química

Mais elaborado, transforma os plásticos em materiais petroquímicos básicos que servem de matéria-prima para a criação de produtos que precisam de uma qualidade mais elevada.

Reciclagem Energética

Consiste na tecnologia que transforma o plástico em energia térmica e elétrica, aproveitando, por meio da incineração, o poder calorífico armazenado neles. Além disso, esse tipo de reciclagem permite também que os plásticos sejam aproveitados como combustível. Infelizmente, essa opção ainda não existe no Brasil.

Act_Pleion_blog_post_img_3

Mas fique atento! Nem todo o plástico pode ser reciclado. Em embalagens, é preciso que elas tenham o símbolo da reciclagem impresso. Prefira os produtos de empresas que reciclem, ou que assim como a Pleion, respeitam o meio ambiente e incentivam a sustentabilidade.



Compartilhar

Compartilhar:

Leia Mais

Act_Pleion_blog_post_img_1

Evite o desperdício de alimentos no final do ano.

Act_Pleion_blog_post_img_1

No Brasil, 26,3 milhões de toneladas de alimentos são jogados no lixo por ano, e 45% deles são hortifrútis. Os dados geram preocupação porque precisam ser analisados mais profundamente.

Quando falamos em desperdício de alimento, também falamos no desperdício da energia, mão de obra, água e produtos envolvidos na produção e descarte desses alimentos. Ou seja, muita coisa importante anda parando no lixo!

(mais…)



Compartilhar

Compartilhar:

Leia Mais

act_pleion_post_blog_dicas_para_orcamento_do_supermercado_3

Dicas para Otimizar o Orçamento do Supermercado

act_pleion_post_blog_dicas_para_orcamento_do_supermercado

Para conseguir manter o orçamento controlado, o ideal é reduzir despesas mais frequentes e com maior impacto em nosso bolso. Os gastos desnecessários com compras podem ser facilmente inclusos nessa lista. O Supermercado oferece uma enorme variedade de produtos, mas é preciso estar sempre alerta para saber como economizar e fazer compras saudáveis, priorizando o custo-benefício e evitando desperdício, tanto de dinheiro quanto alimentício.

A grande quantidade de supermercados facilita a vida, porém incentiva também o comodismo e as ‘compras emergenciais’, a famosa ‘só vou dar uma passadinha’. Porém é essa escapadinha sem programação, que pode atrapalhar seu cronograma e seu orçamento.

(mais…)



Compartilhar

Compartilhar:

Leia Mais

act_pleion_post_blog_caixas_biopratikas_01

De onde vêm e o que são os plásticos?

act_pleion_post_blog_de_onde_vem_os_plasticos

Os plásticos são originados a partir de resinas derivadas do petróleo e pertencem ao grupo dos polímeros, que são longas cadeias moleculares. A palavra “plástico” vem do grego plassein e é um termo designado para identificar materiais que podem ser moldados través de pressão, calor ou por reações químicas.

O que permitiu a descoberta dos plásticos foi o desenvolvimento do sistema de vulcanização, por Charles Goodyear, em 1839, adicionando enxofre à borracha bruta e assim constatando que nessa reação a borracha tornava-se mais resistente ao calor. Depois de mais algumas descobertas, outros tipos de plásticos começaram a aparecer, como o nylon, o dácron, o isopor, o poliestireno, o polietileno e o vinil. Após esse período, os plásticos passaram a fazer parte do cotidiano das pessoas a ponto de se tornarem indispensáveis.

(mais…)



Compartilhar

Compartilhar:

Leia Mais