Como guardar os ovos de Páscoa do jeito certo?

Páscoa é tempo de muita coisa boa: a família se reúne, você reencontra alguns parentes que não via há certo tempo, festeja e, além de tudo, ainda tem os deliciosos ovos de chocolate. No artigo de hoje ensinaremos o jeito certo de guardar essas gostosuras, para que o sabor seja mantido e você possa aproveitar essas guloseimas por mais tempo.

Como guardar ovos de chocolate?

Às vezes guardamos uma guloseima para comer depois e, quando vamos ver, o sabor já é outro, a consistência também mudou… ou seja, não parece o mesmo doce que estávamos comendo antes.

O primeiro cuidado que você deve ter é o de analisar o recipiente em que os ovos de páscoa (ou qualquer chocolate) estão sendo colocados. Se ele foi usado para armazenar outra coisa anteriormente, principalmente alho ou cebola, é provável que o cheiro impregne no ovo, prejudicando também o sabor.

Portanto, sempre lave bem para tirar quaisquer resquícios (inclusive de odor) do pote/vasilha. Se precisar, deixe de molho na água quente com detergente ou bicarbonato de sódio – essa tática retira manchas, odores e gostos provenientes de outros alimentos.

Veja, a seguir, como e onde devemos guardar os ovos para que eles mantenham o seu sabor original.

Pode guardar Ovos de Páscoa na geladeira?

Sim, poder até pode, porém, não é nem um pouco indicado, pois isso faz com que o chocolate perca o seu sabor característico delicioso.

O resfriamento contínuo altera a estrutura do chocolate, fazendo com que o gosto também seja alterado.

Além desse fator, há ainda o fato de que na geladeira existem diversos aromas, que podem se misturar com o do chocolate e também provocar mudanças em seu sabor.

Guardando ovos de Páscoa corretamente!

O mais correto a se fazer é guardar os ovos de páscoa em locais fechados (sem contato com a luz solar), numa temperatura de 20 a 25ºC e envoltos em papel alumínio.

Para deixar ainda melhor, você pode colocar os chocolates num pote plástico vedado, impedindo que o aroma de outros itens do armário se misturem e protegendo-o de fatores ambientais.

Aliás, você já reparou que eles vêm embrulhados em papel alumínio do mercado? Pois é, esse é o jeito certo.

Se forem guardados acima de 25ºC, começam a amolecer e derreter. Abaixo de 20ºC, pode começar a surgir umidade em sua superfície, fazendo-o perder o sabor.

Detalhe: caso o ovo de Páscoa esteja mole ou deu uma derretidinha no caminho até em casa, não tem problema colocar um tempinho na geladeira, o grande problema é o armazenamento contínuo.

Todos esses cuidados, quando colocados em prática, manterão o máximo do sabor de seus ovos de Páscoa. Desejamos a todos uma ótima Páscoa, repleta de felicidade, amor, carinho e gostosuras!

Para mais conteúdos desse tipo, cadastre-se em nosso blog e receba as novidades fresquinhas em seu e-mail assim que saírem.

Você sabia que os potes plásticos podem ser usados de muitas outras formas? Leia também: Aprenda a organizar tudo o que precisar com potes, bacias e caixas plásticas Pleion.

Sobre os ovos que sobraram

Às vezes a Páscoa passa e ainda sobram alguns ovos de Páscoa. Caso você não queira comê-los dessa forma porque já enjoou ou porque quer inovar, é possível dar uma nova vida a esse chocolate.

Ele pode ser usado para fazer trufas, brownies, brigadeiro e raspas de cobertura para o brigadeiro, recheio de bolos e muito mais. Obs: é recomendado evitar aqueles ovos que não são apenas chocolate, como por exemplo Chocolate com Maracujá.

Dessa forma você reaproveita o chocolate e não desperdiça nem um pouquinho. E não se esqueça, se o ovo ainda estiver fechado, doe – você pode fazer alguém mais feliz.

Até a próxima!



Compartilhar

Compartilhar:

Conteúdos que você pode se interessar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *